Rodrigo Luz é tanatólogo especializado em luto, traumas e perdas, presidente da Fundação Elisabeth Kübler-Ross no Brasil. No terceiro encontro do ciclo “Vida e Morte”, ele ofereceu orientações bem práticas tanto para você viver o luto quanto para apoiar uma pessoa próxima que está em luto.

Estávamos em 460 pessoas ao vivo. Foi uma noite muito tocante e você pode ouvir um pedaço da conversa aqui.

“Veja bem, como acompanhar alguém em processo de luto? E essa é uma questão fundamental. A primeira coisa é a seguinte: você precisa romper com essa estrutura social dominante que quer que todos sejam felizes a todo preço. Você precisa não reproduzir o discurso da sociedade, como ela está estruturada, que diz que você é o responsável pela sua felicidade. Isso é algo com um preço terrível. Rompa com essa ideia completamente. É assim: o que que eu posso fazer por você?”

—Rodrigo Luz (no encontro conosco)

Estamos em diversos agregadores de conteúdo, basta buscar por “podcast do lugar”. Para quem tem Spotify e deseja seguir, estamos aqui. Se tem outro gerenciador de podcast, aqui está o RSS para assinar.

O ciclo “Vida e Morte” está disponível para quem entrar agora: https://olugar.org/vidaemorte