Agenda 2021-2022

Pessoal, seguem os principais ciclos de aprofundamento (sempre online!) que vamos oferecer a todas as pessoas que participam do lugar, de vários estados do Brasil e também de outros países. Aproveite como puder!

Fim de nosso segundo encontro com Ailton Krenak — estávamos em 300 pessoas ao vivo!

8/nov – Encontro especial de perguntas e respostas com Roshi Joan Halifax (tradução de Jeanne Pilli).

15/nov – Encontro final de nosso estudo anual para digerir, apreciar e ressoar as 15 semanas do estudo de À beira do abismo.

22/nov a 13/dez – Ciclo de práticas “Quando tudo se desfaz” para incorporarmos as práticas mais essenciais que vimos ao longo do ano, a partir de trechos da Pema Chödrön sobre como relaxar no caos, como fazer amizade consigo mesma, como abandonar a esperança e, enfim, manifestar a compaixão e “o amor que nunca morrerá”. Veja como será…

20/dez – Celebração final da comunidade

Janeiro a março de 2022: Intensivo SIM (veja abaixo como foi no ano passado).

Abril a junho de 2022: ciclo temático, como fizemos com “Mãos e Olhos” (2020) e “Vida e Morte” (2021), provavelmente dessa vez sobre COMUNIDADE, redes compassivas, inteligência coletiva e autoorganização, também com diversos convidados.

Agosto a novembro de 2022: nosso estudo anual (livro a definir).

Fevereiro e março: Intensivo SIM

Em 2022, será a quarta edição! No começo desse ano, tivemos a presença de Ailton Krenak, Lama Padma Samten, Thiago Ávila, Geni Núñez e Kazuaki Tanahashi Sensei. Todas as gravações ficam disponíveis para quem entrar na comunidade a qualquer momento. Veja como foi…

Abril e maio: ciclo sobre morte, luto e impermanência

Com Dra. Ana Claudia Quintana Arantes, Ven. Tenzin Chogkyi, Frank Ostaseski, , Rodrigo Luz e Stela Santin. Todas as gravações ficam disponíveis para quem entrar na comunidade a qualquer momento. Veja como foi…

Agosto a outubro: nosso estudo anual!

Nos últimos quatro anos, mais de 1000 pessoas de todos os estados do Brasil e de 20 países estudaram juntas os livros Um coração sem medo (Thupten Jinpa), O poder de uma pergunta aberta e A lógica da fé (da própria Elizabeth Mattis-Namgyel) e Quando tudo se desfaz (Pema Chödrön). Dessa vez, vamos nos debruçar por 15 semanas em um livro que integra e aprofunda tudo o que exploramos em comunidade nesses estudos anuais: À beira do abismo, de Roshi Joan Halifax, inteiro sobre o poder da compaixão.

Manhãs de silêncio

meditação online

Seguimos em comunidade todos os dias com as manhãs de silêncio: de domingo a domingo, das 8h às 9h, nos encontramos em cerca de 100 pessoas ao vivo. Fazemos meditações guiadas e sessões silenciosas, alternando entre práticas de repouso, clareza e compaixão. As principais práticas são gravadas e ficam disponíveis para quem deseja meditar em outros momentos.

Sentar em roda

Não há vida sem os outros. Eu acredito que uma das maiores perdas da vida moderna é essa nossa sensação de que não existe uma comunidade coerente. Nós pertencemos uns aos outros. Nós realmente precisamos compreender e vivenciar isso. Quando não nos sentimos em comunidade, nossa vida é solitária, quebrada, isolada, sem apoio e sem amor. A vida é a experiência de participar de tudo.”
Roshi Joan Halifax (no ensinamento sobre bodicita que nos ofereceu no ciclo “Mãos e olhos”)

Todo sábado sentamos em roda para que a comunidade possa se ouvir e também se organizar em torno de temas que surgem dos próprios participantes. Já exploramos, por exemplo, “crianças e práticas contemplativas”, “liberte o futuro”, “arte e transformação social”, “destruição ambiental”… É um laboratório para aprendermos a operar mais em rede.

Além disso…

Durante todo o ano, seguimos toda semana com: conversa ao vivo sobre a prática da semana, conversas no fórum e manhãs de silêncio (com meditação guiada). Todos os estudos, ciclos e intensivos que fizemos seguem disponíveis aos participantes:

Para cada estudo, há uma página bastante completa com os vídeos e áudios na íntegra, materiais de apoio, práticas sugeridas e relatos dos participantes.

Se quiser participar de tudo isso, basta entrar na comunidade do lugar →

Um grande abraço e seguimos!